quinta-feira, 29 de novembro de 2012

FISSURA – O QUE É ISTO?

Nos transtornos relacionados ao consumo de drogas (SPA), a fissura, ou craving, é um dos conceitos mais amplamente estudados e menos compreendidos. 

A fissura tem sido comparada a mecanismos de aprendizagem e memória, sendo desencadeada pelos mesmos circuitos ativados pela droga, envolvendo estruturas anatômicas como o córtex pré-frontal, o núcleo accubens, a amiglada e o hipocampo. 

A fissura refere-se a um desejo intenso de consumir uma substância psicoativa (SPA), associado à intenção de repetir a experiência dos seus efeitos (os primeiros efeitos), sendo, geralmente acompanhada de alterações do humor, do comportamento da cognição. 

Quando acontece uma fissura? – diante da apresentação de um determinado estimulo – que pode ser interno (ansiedade ou depressão) ou externo (presença de amigos que usam drogas, filme, papo de ativa) -, são ativadas crenças centrais e crenças “adictivas” 

Os residente ou graduados precisam estar conscientes acerca das coisas que disparam levando-o ao uso de crack ou cocaína. A ausência de um trabalho terapêutico (eu digo monitoramento) nessa área torna mais provável a ocorrência de lapsos ou recaídas devido à falta de uma compreensão total e abrangente quanto aos fatores envolvidos na perpetuação do uso. 

BIBLIOGRAFIA: M. Ribeiro / R. Laranjeira – “O tratamento do usuário de Crack” 

Matéria publicada no Informativo CRIC – Junho/2012 
Élio Nepomuceno de Andrade – Cel.Ref. Farm. Bioquímico

Nenhum comentário:

Postar um comentário